Perfil

Delegado Eder Mauro Cardoso Barra

Nasceu e cresceu em meio às pontes da periferia de Belém. Aos 13 anos, dividia o tempo entre o trabalho como office boy e os estudos na Escola Estadual Pedro Amazonas Pedroso. Com muita luta e dedicação, aos 17 anos, ingressou na Universidade Federal do Pará.

Aos 22, concluiu a graduação em Direito e logo ingressou na carreira policial. Passou no concurso para Procurador Federal, com um salário quatro vezes superior ao de delegado, mas recusou-se a viajar para ficar no Estado e continuar a proteger as famílias paraenses.

Em 2014, completou 30 anos no exercício da profissão, a qual flerta com a morte, pois integra um grupo de profissionais que, por combater o crime e os criminosos, passou a ser alvo constante dos bandidos.

Ao longo das três décadas de profissão recebeu inúmeras ameaças de morte e já sofreu dois atentados, sendo que em um sua esposa foi baleada.Mesmo assim em nenhum momento ficou trancado em casa ou gabinete, ao contrário, trabalha quase que 24h para proteger os paraenses.

Agora, eleito deputado federal mais votado nas eleições de 2014 com 265.983 votos de confiança, vai lutar veemente pela garantia da qualidade nos serviços públicos prestados a nossa gente, assim como cobrar das autoridades a aplicação efetiva dos recursos no Estado.

A Segurança concentrará grande parte do esforço em busca de projetos e recursos que, na condição de servidor público que honra com seus serviços à Segurança Pública paraense, sabe como e onde aplicar. E conta com o seu apoio para fazer mais pelo povo do Pará!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: